Uso eletrônico de cigarros

No artigo recomendado da semana, pesquisadoras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-Brasília) analisaram as evidências sobre o uso de cigarros eletrônicos por adolescentes e jovens adultos.

Há uma discussão continuada sobre a segurança dos e-cigarros e a ligação com a iniciação do fumo do cigarro e da dependência do tabaco. Os cigarros eletrônicos são dispositivos operados por bateria,  usados para inalar um aerossol, que normalmente contém aromas de nicotina e outros produtos químicos. Venda, importação e publicidade de cigarros eletrônicos e outros dispositivos eletrônicos para fumar (ESDs) estão proibidos no Brasil desde 2009, desde a publicação da Resolução RDC 46 pela Anvisa.

Para saber o resultado da pesquisa, leia o artigo na íntegra:

Uso eletrônico de cigarros e iniciação de fumo em adolescentes e jovens: síntese de evidências.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.